01/04/2020
Buscar
EnglishPortuguese

O Projeto Hestia

Olá! Seja muito bem-vindo a nossa casa

O Projeto Hestia é uma investigação ampla do jeito de morar brasileiro. Um exercício de exploração e de desvelamento dos detalhes que podem contribuir para que o lar seja um espaço de promoção de felicidade para quem nele habita. Nosso desejo maior, em outras palavras, é criar conhecimento e levar até você, para que possa ser mais feliz em sua casa – não importa onde ela esteja, ou de que cor seja, ou quantos metros ela tenha.

 

O projeto nasceu de muitas conversas a respeito do tema, há pelo menos oito anos. Depois de muitos estudos, leitura e vivência, fortalecemos nossa parceria de psicóloga e jornalista, e percebemos que era preciso desenvolver um conteúdo próprio. Os livros que existiam não davam conta de todo o movimento que víamos nascer, e cada vez mais percebíamos o quanto a casa é responsável por parte da alegria, do ânimo, da reenergização necessária que precisamos todos os dias. Queríamos mostrar tudo isso de forma científica e prática, com linguagem acessível e, com isso, demonstrar que é possível ter um lar feliz. Basta apenas investir suas energias nele.

Assim, nasceu o Projeto Hestia, com o nome da deusa grega do fogo doméstico, do lar. Na mitologia, ela mantém a chama da casa acesa para aquecer as relações familiares. É também o que sintetiza nossas ideias: um lar mais quente, acolhedor, ousado – nada morno, sem vida, sem memórias, nada superficial. A rotina com Hestia é poderosa, aconchegante, rica de vivências. Sabe quando você chega a algum lugar e se sente muito bem? Essa matéria “invisível” que nos surpreende é Hestia, e é justamente o que investigamos.

 

Produzimos diariamente conteúdo exclusivo, para ajudar você a transformar sua casa em um lar. Por enquanto, queremos convidar você a se envolver com Hestia. Assine nosso feed e fique por dentro das atualizações em primeira mão. Em breve, lançaremos o livro Uma casa para a felicidade, um conteúdo inédito e exclusivo, orgulhosamente desenvolvido por nós, Angelita Scardua e Carol Scolforo. Também somos consultoras de conteúdo, e ministramos palestras sobre o tema em todo o Brasil.

Quem é Hestia?

Hestia é uma das doze divindades do Olimpo Grego, sendo entre todas a primeira a nascer. Seus pais são os Titãs Cronos e Réia. Ela cresceu em graça e beleza, e logo chamou a atenção dos deuses Apolo e Poseidon que desejaram cortejá-la. Mas Hestia preferiu seguir um caminho fiel a sua natureza e de própria escolha. Em função disso, não se viu seduzida por armadilhas de poder, romance ou aventura, preferindo estar a serviço de sua família e comunidade. Zeus, agradecido pela dedicação de Hestia, não só apoiou o desejo da deusa em permanecer solteira, mas decretou que o seu nome deveria ser mencionado pela primeira vez em qualquer oração e que ela deveria receber a primeira parcela de qualquer sacrifício e ser honrada nos templos de cada uma das divindades do Olimpo. Como reconhecimento a sua importância, Zeus entregou à Hestia as chaves da casa da família (o Monte Olimpo).

 

Assim, Hestia tornou-se admirada por todos os deuses, sendo a personificação da moradia estável. Ocupa o lugar de protetora das famílias, das moradias e também das cidades. Hestia simboliza a permanência e a continuidade da família e da civilização. Seu culto é muito simples, sendo consagrado pelo pai ou pela mãe nas famílias e pelas autoridades políticas nas cidades. Na Antiga Grécia, sua chama sagrada e perpétua era mantida nos lares, nos templos e no centro político de cada cidade. Todas as cidades possuíam o fogo de Hestia, colocado no palácio onde se reuniam as tribos.

Quem faz o projeto

angelitaredondo-400x400

Angelita Scardua

Sou fascinada pelas pequenas coisas que constituem a vida no dia a dia, e me interesso sinceramente pela maneira como lidamos com elas sozinhos ou em conjunto com outras pessoas. Talvez por isso eu tenha estado psicóloga mais do que estive em outras funções que experimentei no longo da vida. E já experimentei algumas!

Nos meus 18 anos de Psicologia venho estudando as emoções humanas, as interações entre indivíduos e grupos (e  entre esses e o ambiente), os aspectos simbólicos das experiências pessoais e coletivas, da História cultural e do Imaginário Social. Esse conjunto de interesses acabou me levando ao estudo da Felicidade, tema no qual realizei minha pesquisa de mestrado e, agora, desenvolvo a de doutorado.

Busco compartilhar o que aprendo na sala de aula como professora, na divulgação científica em cursos, palestras e encontros com público diverso, e como fonte em matérias para tv, rádio, jornais e revistas. Foi assim, como fonte de informação, que conheci a Carol Scolforo, parceira na idealização do Projeto Hestia. Quando a Carol começou a se especializar como produtora de conteúdo para revistas de Arquitetura e Decoração nossas conversas sobre a felicidade em casa foram se intensificando. Ideias, informações, possibilidades, insights… Conhecimentos que, percebemos, gostaríamos de dividir com o mundo. Eis que aqui estamos! Um dentre muitos passos nessa jornada para compreender a experiência de felicidade.

Ser uma pessoa especializada no estudo da felicidade me impele a querer ser feliz, a viver uma vida com mais significado e propósito. Sou meu próprio experimento e, muitas vezes, também a vitrine do que venho a proferir! Com os lugares não é diferente, sabendo o quanto eles podem contribuir para a minha felicidade não posso mais ser uma cidadã e uma moradora que ignora o impacto das minhas ações sobre os espaços nos quais circulo e habito, e desses sobre o meu bem-estar físico e emocional. É no dia a dia, nas pequenas ações ordinárias, no gestual simples e familiar da rotina que eu tento nutrir os laços entre os lugares e a felicidade de habitá-los. Estou comprometida com a tarefa de alimentar cotidianamente a chama de Hestia na casa, na cidade, no mundo em que vivo! E espero, de coração, que você também se comprometa.


carol1-400x400

Carol Scolforo

Sou jornalista, produtora de conteúdos para impressos e aplicativos, e escrevo sobre decoração, arquitetura e design há oito anos, para revistas nacionais como Casa Vogue e Casa e Jardim. Ofereço consultoria de conteúdo a marcas relacionadas ao universo da casa e amo pesquisar e entender tudo o que estimula a felicidade dentro de um lar. Experimento essa realidade na prática com minha família, hoje em São Paulo.

 

Conheci Angelita no Espírito Santo, onde morei até os 29 anos e trabalhei em jornais capixabas. Passei a tê-la como fonte para diversas matérias jornalísticas. Com o tempo, ela fortaleceu valores e crenças nos quais eu acreditava sobre o tema casa.

Vi que havia um conteúdo diferente, um conhecimento muito próprio que precisava chegar às pessoas – tudo era bem distante dos clichês, merecia projeção maior. A própria Angelita me estimulou, na época, a entrar em contato com revistas nacionais, e foi o que fiz. Nossa parceria fez sucesso nas matérias que eu entregava a essas publicações. Vimos que precisávamos (e podíamos) lançar um livro. Falamos disso por muitos meses, nos reunimos em tardes inteiras, mudamos e reescrevemos tudo, por anos.

E, enfim, só quando me mudei para São Paulo é que o livro ganhou vida e começou a fazer parte de um projeto ainda maior. Hoje vejo que o Hestia é a sólida constatação dessa parte da minha vida. Envolve tudo o que trago das muitas casas em que vivi: é um movimento que fala de um lar com emoções reais, que merece ser vivenciado intensamente. A casa como uma esfera protetora, que me abraça e mostra quem eu sou, quem fui e quem pretendo ser, onde quer que eu more no mundo.