01/04/2020
Buscar
EnglishPortuguese

Estou de mudança pela segunda vez no ano. E depois de chorar um bocado, eu decidi. Deixo de lado os transtornos que uma mudança naturalmente traz e vou me ater às coisas boas que podem surgir dessa notícia. Não é fácil. Mas necessário.

1

0

Por Angelita Scardua A cozinha da Casa Willey, projetada por Frank

0

Luz muda tudo ao redor – não apenas o ambiente, mas principalmente nosso humor e as emoções. E se uma boa temperatura de luz é necessária para nos sentirmos mais felizes em determinados ambientes, o mesmo se pode dizer de luminárias, lustres, abajures e todas as formas de comunicar a luz: elas transmitem um estado de espírito. Visualmente, têm efeito de uma jóia no décor.

1

Por Carol

Quando um dinamarquês está triste, ele já sabe: deve se reconectar à natureza. Logo ele busca uma floresta e ganha novas energias. Vi esses dias em um documentário que explicava a força desse elemento sobre o índice de felicidade deles, que é altíssimo.

1

Sempre digo que na minha casa somos 4 moradores: eu, o Guilherme, o Renato e o Severiano. O último é um gato, mas a gente até esquece esse detalhe. Parece que somos todos gatos, ou ele é humano, sei lá. O fato é que quando eu não tinha um animal de estimação morria de rir de quem fazia isso. Agora entendo: eles se tornam uma extensão da família. Tratar como um bebê é irresistível – e não vou entrar nesse quesito, ok?

1

Sempre interessado em experiências relacionadas ao morar, o filósofo Alain de Botton escreveu, há alguns anos, o livro Arquitetura da Felicidade, que rendeu documentário

Sempre tem uma casa que marca sua vida pra sempre. No meu caso, foi a que meus pais construíram, onde vivi toda a adolescência.

Cada vez mais pessoas optam por, ou precisam de, trabalhar em casa. Levar o escritório para dentro de casa pode ter vantagens e desvantagens.

São tempos de apartamentos compactos, esses que vivemos. Há os exagerados, que sonham com muitos metros, porque cresceram em casas grandes. Dia desses ouvi de uma amiga:

1 2 3