O escritório do futuro: em casa ou onde você quiser

Se tem um espaço que deve mudar bastante após a pandemia é o escritório. Falamos disso no report do Hestia e na nossa palestra para o Conad 2020. Hoje eu trago aqui algumas das novidades que vi nesses dias para quem já planeja a volta a eles.

Por Carol

Parede de realidade mista, imaginada por Inna Sparrow e Vova Kurbatov

A começar pela possibilidade de trabalhar de casa, nossa relação com o trabalho começa a se redesenhar. Se você não tinha o seu escritório em casa, certamente precisou adaptar cadeiras, mesas, suporte para o computador e iluminação ao seu ofício. Se você é mãe, precisou se desdobrar para dar conta de todas as refeições dos filhos, as tarefas domésticas e o homeschooling. Eu sei, nada fácil.

Novos escritórios

Mas assim que as cidades reabrirem – e muitos cientistas e futuristas preveem que reabriremos e fecharemos até termos vacina para o Covid-19 – as empresas terão de volta seus funcionários. Muitas já preparam divisórias de acrílico – já viu os restaurantes? Outras acreditam que todo o espaço deve ser repensado. Afinal, nossa segurança em encontrar colegas de trabalho e nos sentirmos tranquilos o dia todo ao lado deles está longe de ser como antes.

Projeto do People’s Industrial Design para o Brand Sliced House

Um escritório mais flexível, com jeito de casa, para que os funcionários se sintam tranquilos como em suas casas. Eis a proposta do People’s Industrial Design para a Brand Sliced House (marca que é uma espécie de Airbnb). Se dá certo? Com horários flexíveis e uma relação de trabalho mais flexível em questão de horários, talvez. Mas reproduzir a sensação de uma casa é muita pretensão, não?

Reuniões numa cápsula de design

O nome dela é Hello Wood ‘Workstation Cabin’. Pré-fabricada, a estação de trabalho pode ser instalada em poucos dias, e gera curiosidade em quem passa. Só por isso a ideia já é muito incrível, afinal, um marketing gratuito para quem a instalar em algum lugar, não?

Hello Wood ‘Workstation Cabin
Na cápsula é possível trabalhar. Fora dela, o happy hour

Nichos fechados

Batizado de Qworkntines, esse projeto me parece bem claustrofóbico…assim como muitos que vi por aí. Trouxe exatamente pra ninguém cair na cilada de que vamos querer trabalhar em lugares assim.

projeto Qworkntines

Eu só ia querer trabalhar aqui se estivesse fazendo um relatório bem chato, daqueles que nada pode distrair a gente. Ventilado artificialmente, o pequenino escritório é também uma cápsula, mas lembra uma prisão com design.

Será que o futuro levará a humanidade a essas salinhas fechadas, minúsculas e opressivas? Tomara que não.

Trabalho com qualidade de vida

Eu acredito muito no trabalho como fonte de realização pessoal, como um instrumento de crescimento e evolução. Eu digo isso porque amo trabalhar e quero muito que o trabalho seja visto como uma atividade prazerosa, sem peso – embora a etimologia dessa palavra esteja ligada a sofrimento (pois é!).

Por isso mesmo, eu amei o projeto da ‘Zen Work Pod’. O projeto do escritório é assinado pela Autonomous, para a Smartdesk 2: um local de trabalho zen, tranquilo. Isola acusticamente, mas permite visualizar a rotina e a luz do sol – ou as crianças brincando no quintal. Eu sei, parece algo distante ou de comercial de margarina futurista. Mas é muito mais agradável do que trabalhar em qualquer outro escritório aqui citado – ou nos que conhecemos atualmente. Ou não é?

Zen Work Pod

Imagens: Divulgação

Publicado por

Projeto Hestia

Onde habita o coração! A essência simbólica de Hestia: deusa grega do lar que preside a chama que alimenta a vida nas casas, nas cidades, no mundo ... O Projeto Hestia é uma proposta de celebração da casa, do cotidiano, da vida doméstica, da rotina, das pequenas coisas que configuram a experiência sensorial de habitar os espaços construídos. Aqui, acreditamos que o exercício diário de morar pode, e deve, ser uma oportunidade para a promoção de felicidade!

Deixe uma resposta