Por Angelita Scardua

A cozinha da Casa Willey, projetada por Frank Lloyd Wright, em 1934, foi a primeira versão arquitetônica de cozinha em plano aberto da modernidade. Com o fim da Segunda Grande Guerra, e o acelerado crescimento econômico do Ocidente na segunda metade do Século XX, o estilo de vida das famílias mudou. Novas formas de ocupação do tempo surgiram, na medida em que o trabalho doméstico foi sendo facilitado pela popularização dos eletrodomésticos, da comercialização de comida congelada, pronta ou semipronta, da maior permanência de crianças e adolescentes na Escola e em atividades extracurriculares.  Tais mudanças geraram uma crescente busca pelo lazer e por momentos de interação social que acabariam por influenciar a forma de estar em casa, e especialmente na cozinha.

apartment-monica-5

A cozinha integrada da Casa Willey, de Wright, viria a fornecer o projeto ideal para todos que queriam se sentir plenamente integrados ao estilo de vida moderno, progressivo e hedônico oferecido pelos avanços tecnológicos e sociais que caracterizaram a segunda metade do Sec. XX. O cinema norte-americano e as séries de TV disseminaram pelo mundo a imagem da casa projetada em plano aberto, com cozinhas integradas à área social, e habitadas por famílias ou grupos de amigos divertidos, prósperos e, obviamente, muito modernos!

kitchen-country-open-plan-country-kitchen-with-marble-counters-country-kitchen-ideas-white-cabinets.jpg

A tendência das cozinhas abertas criou um crescente mercado para utensílios com design arrojado e preços astronômicos! Espremedores de frutas, chaleiras, panelas, faqueiros e luminárias de grife decoram a cozinha exposta para os convidados, transformando-a no palco principal de uma casa que também precisa oferecer entretenimento e sofisticação para seus frequentadores. No palco da cozinha aberta, sempre haverá um morador que deseja se sentir um chef em um reality show de culinária.

small-white-open-plan-kitchen

O problema é que essa cozinha cinematográfica e espetacularizada não pode ficar suja ou bagunçada. Ela deve funcionar como a vitrine de um estilo de vida, e não como o cômodo no qual lidamos com restos de comida e pratos sujos. Sendo assim, a mais nova solução para a cozinha aberta tem sido a cozinha auxiliar, uma cozinha menor, na qual os alimentos são pré-preparados e a louça suja é depositada. A cozinha auxiliar é um recurso estratégico muito utilizado por restaurantes com cozinhas abertas para o público, mas que tem ganhado espaço no âmbito doméstico. Outra solução para a cozinha integrada à área de estar é seu ostracismo. Cozinhas invisíveis, disfarçadas por armários bem planejados, que no máximo servem para esquentar a água do chá.

95fc0a9ab9fa651ee465df6cd9fc3074

O fato é que o avanço da cozinha aberta para a área social, a despeito de todo o discurso de sofisticação feito para vendê-la, revela um aspecto desagradável das habitações contemporâneas: a perda de espaço! Nada mais incongruente matematicamente do que a ideia de que ter menos cômodos implica em mais espaço. Essa conta, ainda que ilusória, não fecha! Assim, de um jeito ou de outro, a cozinha vai ocupando um lugar coadjuvante nas casas atuais, mesmo quando protagoniza o projeto arquitetônico. Em geral, a cozinha protagonista, aberta e visível para os visitantes, é uma cozinha pensada para os dias festivos, nos quais o teatro em torno da palavra “gourmet” é encenado pelo aspirante a chef da família ou do grupo de amigos.

LOLV-EP2044-Kitchen-1

A cozinha do dia a dia ainda requer espaço, ela exige privacidade para que as partes não glamourosas do ato de cozinhar possam ser encenadas sem disfarces. A cozinha do dia a dia se constrói mais eficazmente com resguardos e janelas que permitam escoar os odores, a fumaça, a umidade das fervuras e os respingos de gordura. A cozinha do dia a dia oferece lugar para o preparo de refeições ligeiras ou demoradas, para um, dois ou dez comensais. A cozinha do dia a dia oculta entre paredes os barulhos das tarefas cotidianas, protegendo o resto da casa da bagunça sonora de metais, madeira, água e louça. A cozinha do dia a dia é o laboratório dos que cozinham por amor, por prazer, por necessidade ou obrigação… Mas o que é a experiência da vida diária se não uma combinação de tudo isso?!

 

Imagem 1: The Willey House

Imagem 2: Said Apartment

Imagem 3: Decor Dev

Imagem 4: Home Planss

Imagem 5: Mirdizajna

Imagem 6: Ikea

Algumas das imagens utilizadas são de divulgação. Se você é autor de uma ou mais delas, e não foi devidamente citado, entre em contato conosco aqui.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: