Luz muda tudo ao redor – não apenas o ambiente, mas principalmente nosso humor e as emoções. E se uma boa temperatura de luz é necessária para nos sentirmos mais felizes em determinados ambientes, o mesmo se pode dizer de luminárias, lustres, abajures e todas as formas de comunicar a luz: elas transmitem um estado de espírito. Visualmente, têm efeito de uma jóia no décor.

Por Carol Scolforo

Na Semana de Design de Milão 2019, o Salone del Mobile trouxe uma nova edição da Euroluce, evento que acontece a cada dois anos. Desta vez, essa sensação de que as luminárias são como jóias ficou ainda mais forte. Não pelo show e pelas cenografias, que praticamente têm a obrigação de impressionar. Mas pelas formas, materiais, técnicas cada vez mais elaborados. Tudo isso leva valor à iluminação.

Liason é essa luminária minimalista de Sara Moroni para a Axolight. Sugere o equilíbrio de forma leve e fina, com geometrias marcantes.

Quando se tem a temperatura certa, a dose de luz adequada, a luminária proporcional ao ambiente, pode-se dizer que a equação tem tudo pra ser um sucesso. Mas observe uma questão essencial que faz parte dessa tríade: saber usar as luzes. Sim, muita gente acende só para mostrar a iluminação à visita e depois apaga, ou acende tudo ao mesmo tempo.

Design de Marcantonio para Slamp

Se você não souber acionar, ou não tiver facilidade, ou achar que vai gastar uma fortuna na conta de luz, vai certamente perder muito da experiência real e calorosa de passar horas em um espaço que satisfaz plenamente. Um bom projeto de iluminação torna fácil a ação do morador e traz as melhores experiências.

As luminárias-arte da Euroluce 2019 trazem essa mensagem com leveza, arte, diversão e imponência. Teve muito minimalismo sim, mas em paralelo a peças escultóricas que atraíam todas as atenções. Abaixo, uma seleção das mais interessantes para o Hestia.

Cores no vidro

O vidro colorido atraía para selfies na Bocci: eram as luminárias 28, que surgem em versões de lustres de cores e estilos diferentes. Lúdica e graciosa, a peça traz alegria à vista.

Marcantonio para Slamp

A irreverência e a diversão com que o designer italiano Marcantonio cria é impressionante. Para a Slamp, surgiram essas luminárias de mesa que evocam a simplicidade e o estilo clássico.

Elena Salmistraro: dê um Google neste nome

Nome incensado em Milão neste ano, a designer levou seu design lúdico neste lançamento, a Miami, para a Torremato. A inspiração? O art déco que permeia a cidade.

Pelo FuoriSalone…

As formas, materiais e cores também causaram impacto com luz. Veja as ideias mais marcantes desta edição.

Girafas apaixonadas

Para a Qeeboo, o designer Marcantonio apostou em girafas de 4 m de altura, que carregavam lustres na boca – repare no olhar de apaixonadas, proposital – elas estavam espalhadas pelo FuoriSalone em diferentes pontos da cidade.

Cristina Celestino para Kundalini

A luminária de vidro e latão da designer Cristina Celestino para a marca Kundalini leva o simpático nome de Lilli e remete à flor de lírio.

Arte na IQOS World

A marca IQOS World criou uma instalação com luzes incríveis, que traziam uma sensação de preenchimento de espaços incomum. Isso impulsionou os imensos zíperes que haviam na obra, que levavam a refletir sobre superficialidade.

Leia também: Coisas pequenas que causam estresse sem que você saiba

Imagens de divulgação das próprias marcas citadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: