Emoções de uma casa: passado, presente e futuro

Por Carol

Muita gente sonha com um apartamento decorado, daqueles que se vê nas novelas. Mas depois de anos estudando os jeitos de morar, posso afirmar categoricamente: você não será feliz em um lugar feito para impressionar. E sim em um lar que seja um reflexo dos seus valores.

É preciso desenvolver (ou amadurecer) o seu próprio lifestyle. Isso só descobre quem realmente mergulha em seu próprio universo. Mas tudo bem, vamos dizer que você conquistou um apartamento decorado e está sentindo isso na pele. Tem salvação?

É claro que tem. É preciso dar sentido e uma nova direção a esse décor. A cristaleira da avó, aquela peça linda que você encontrou em uma viagem, os aromas de uma vela que marcaram uma época. Pegue alguns desses elementos e alimente o seu lar de boas histórias.

Projeto-Manarelli-Arquitetura
O projeto do Manarelli Guimarães Arquitetura tem essência

O arquiteto Thiago Manarelli, sócio do escritório Manarelli Guimarães Arquitetura, gosta dessa relação afetiva que o décor pode tomar. Ele diz que a afetividade na decoração vai muito além de simplesmente incluir esses objetos. É algo que pode se dar em cheiros, cores e até mesmo sensações novas. Uma casa deve ter passado, presente e futuro sensoriais.

Projeto-Manarelli-Projeto-Hestia
Um balanço feito de macramê na sala pode te lembrar da infância bem vivida…

“Muitas vezes, essas lembranças especiais não são algo concreto. Pode ser um sentimento que tivemos quando entramos em um espaço e queremos refletir em nossa casa, o clima de um lugar, a música que marcou um momento, o cheiro da casa da nossa avó. É algo muito mais sensorial que objetivo.”

Identidade

O primeiro objetivo de uma decoração com afeto é proporcionar identidade e conexão. Sabe quando você acaba de se mudar para um imóvel novo ou quando mora em um lugar que não foi tão bem planejado e sente… “tem alguma coisa estranha ali”…? Esse lugar precisa de identidade.

Projeto-Manarelli-Projeto-Hestia
As memórias devem revelar o morador, e não esconder-se em armários planejados

Ana Paula Guimarães, arquiteta parceira de Thiago Manarelli no escritório, diz que o segredo é entender como os objetos ativam as sensações de aconchego e boas lembranças no morador. Muitas vezes não é nada simples – e você precisará da ajuda de um arquiteto para traduzir essas emoções. É quase como terapia um projeto de decoração bem feito.

“Se for um cheiro específico, vamos em busca da fragrância que seja a mais próxima dessa. Se a memória for, do rosa pintado na cozinha da avó, não necessariamente precisamos fazer uma igual. Só de pintar um móvel ou uma parede com tom semelhante já ativamos os sentimentos gostosos do morador”, ela aponta.

Um objeto antigo pode ser o ‘start’ da decoração. Afinal, a mistura entre antigo e moderno sempre rende. “O sentimental é um elemento importante para a decoração porque é a história do morador. O segredo é saber aliar com outros objetos, pensar em diferentes modos de utilizar”.

Sensação de pertencer

Sentir-se parte de um lugar traz benefícios intangíveis para o morador. “Conforto, tranquilidade, relaxamento e criatividade. A pessoa se sente dona do espaço e isso contribui para a sua relação pessoal”, conta Ana Paula.

Manarelli, que tem seu endereço principal em Salvador (BA), acredita tanto nesta forma de decoração que aplicou em sua própria morada. Ele trabalha muitos dias da semana na capital paulista e recentemente adquiriu seu imóvel em São Paulo.

História

Para a capital paulista ele pinçou objetos de sua história em Salvador. “Salvador me traz toda a paz que eu preciso. Ter um pedacinho da capital soteropolitana na maior cidade do país é algo precioso e que me ajuda a sentir bem e amenizar a saudade”.

Fotos: MCA Estudio/Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s