Consultórios mais felizes

Se os ambientes pelos quais passamos diariamente fossem mais acolhedores, certamente nosso comportamento e até mesmo nossa percepção da vida seria diferente. Essa é a alma da psicologia ambiental – de forma bem resumida, claro. Uma área da psicologia que se dedica a investigar como nos sentimos nos lugares e os fatores que são determinantes para nos sentirmos mais felizes e acolhidos neles.

Por Carol

consultório-acolhedor.jpg

É difícil ver o quanto as pessoas ainda resistem a acreditar nos conceitos básicos da psicologia ambiental quando se fala em consultórios médicos. Na vida real, a gente sempre sabe que vai encontrar em um consultório, né? Revistas de fofoca velhas, persianas brancas, um sofá antigo que sobrou da casa do médico, plantas artificiais, uma TV e um monte de gente esperando, rolando o dedo na tela do celular.

STUDIO RG_Consultório02 (1).jpg

Mas neste aqui a historia é diferente. Um obstetra preocupado com a humanização do atendimento pediu às arquitetas Paula Rezegue e Priscila Guz, do Studio RG, que criassem um lugar mais feliz para atender suas pacientes. “Ele queria que a consulta acontecesse em um ambiente bem aconchegante, fora do padrão cadeira/mesa/médico”, conta Paula.

consultório-humanizado.jpg

Nesse consultório com clima de casa, as pessoas se sentirão mais acolhidas, à vontade para contar coisas íntimas que muitas vezes ficariam enjauladas nas mesmas pessoas, se fossem afrontadas por uma sala branca e gélida. “O ambiente influencia diretamente a experiência de convívio das pessoas. Vemos nessa transformação uma oportunidade de promover uma mudança na vida das pessoas”, diz Paula.

consultório-feliz-2.jpg

Para o médico, que passa ali pelo menos 1/3 de seu dia, um ambiente que o faça sentir-se em casa também reflete em seu atendimento, em sua experiência ao lidar com pessoas. Isso faz parte da humanização: pensar que o profissional também precisa ter um ambiente inspirador para desenvolver um bom trabalho.

consultório-feliz-3.jpg

As plantas trazem frescor à vista, ao mesmo tempo em que lembram fertilidade e vida nova com folhas bem verdinhas. “A sensação de calor está associada às emoções. Objetos decorativos têm o poder de contar histórias, provocando conexões com o espaço”, conta a arquiteta.

consultório-obstetra-humanizado.jpg

No consultório focado em parto humanizado, cada objeto possui um significado que expressa a personalidade do médico. As peças remetem à figura do feminino, ao evocar família e natureza, valorizando o background oriental do médico.

*Imagens do projeto foram cedidas com exclusividade ao Projeto Hestia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s