Sombra e água fresca!

Verão, muito, muito sol! Luz abundante. A natureza vibra em cores intensas. A atmosfera de férias convida ao ar livre, mas o calor castiga e você chega a desanimar diante da ideia de lançar-se ao mundo e encarar as altas temperaturas para aproveitar os longos dias dos meses mais quentes do ano! Assim são os trópicos. É nessa hora que você consegue imaginar o prazer de estar em um lugar sombreado que te permita interagir com o ambiente externo, mas que te mantenha abrigado do sol. Esse lugar é a varanda!

Por Angelita

7c3d5be80b0aca822b57dd8d7d8e0842

A origem da palavra “varanda” é portuguesa, relacionada ao espanhol “baranda”, que muito provavelmente deriva do árabe.  A estrutura arquitetônica varanda é uma velha conhecida das habitações humanas e data da antiguidade clássica. Mas o fato é que originalmente a existência de varandas está diretamente associada a lugares de clima predominantemente quente como algumas regiões do Mediterrâneo, da Ásia e da África do Norte. Ou seja, a varanda é uma estrutura pensada para amenizar a entrada de calor nas moradias, uma vez que ela funciona como um anteparo entre a incidência do sol que vem do exterior e os espaços interiores. Ao mesmo tempo em que a varanda “afasta” o calor com sua sombra, ela também permite que os moradores usufruam da brisa, das paisagens e do clima do verão sem ter de se expor diretamente ao sol. Bom, não?!

51f4cb1dfccbcf25f836245dbbf09f2b

Com a expansão dos povos e culturas pelo mundo a varanda migrou das regiões quentes para as mais frias. Hoje é possível encontrar casas com varandas em lugares onde o sol faz pouca morada como a Escandinávia ou a América do Norte. Nos Estados Unidos, por exemplo, a varanda é quase uma instituição nacional, mas as primeiras casas com varanda surgiram no sul do país, que é uma região de clima quente. A afluência de escravos africanos para o sul dos Estados Unidos é a raiz cultural do hábito de se construir casas com varandas por lá. Aqui no Brasil a influência da arquitetura portuguesa, já miscigenada com a árabe, nos legou a varanda como herança. A posterior imigração de espanhóis, italianos e outros povos sedimentou esse espaço no Imaginário nacional como desejo recorrente para as moradias de todos os tipos. A varanda é, em nossa vivência imaginária ou real, o lugar do frescor, o abrigo ameno para os dias de calor, o espaço interno de descanso e de contemplação do mundo externo.

b171bd261496cf3a303eb49627b887f9

Hoje, curiosamente, estamos fechando nossas varandas! Especialmente nos apartamentos. Ou seja, estamos transformando esse lugar de amenidades climáticas em um solário. Sim, um solário! O solário foi a maneira com que os habitantes das regiões mais frias encontraram para poder ter uma varanda em suas casas. O solário nada mais é do que uma varanda fechada por vidros. A função arquitetônica do solário, como o nome já indica, é acumular o calor do sol. Assim, moradores de lugares frios podem aproveitar o máximo de incidência solar mesmo nos meses de inverno. Quando fechamos uma varanda com vidros aumentamos o calor dos espaços internos. Para tornar a varanda e a casa mais frescas precisamos recorrer, então, a climatização artificial dos ambientes e, com isso, gastamos mais energia!

fb47b1084293a5e7944cfeb83eb8c200

É claro que nas cidades fechar a varanda com vidros tem suas vantagens. O fechamento de varandas oferece maior privacidade e ajuda a ampliar o espaço das áreas internas nas construções exíguas que temos atualmente. Seja como for, o fato é que o nosso hábito contemporâneo de fechar as varandas está transformando a função arquitetônica desse espaço doméstico. Se isso é bom ou ruim? Não sei… Mas se você quer saber o que fazer com a sua varanda, caso tenha uma, pergunte-se como quer usá-la. É a função que você quer dar à varanda em sua casa que lhe dirá o melhor jeito de aproveitá-la.

 

Fotos: Pinterest e Casa e Jardim

 

Algumas das imagens utilizadas são de divulgação. Se você é autor de uma ou mais delas, e não foi devidamente citado, entre em contato conosco aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s